Belutti Web Rádio

Acontece!

Ocorreu um erro neste gadget

Ads by Smowtion Media

Nexus One, o smartphone do Google, já está à venda


Ontem (05/01), depois do mar de especulações do último mês, o Google confirmou o lançamento de seu Nexus Phone em um evento em Moutain View. E, mesmo sem um hardware revolucionário, ele deve mexer com o mercado dos smartphones.
O que foi revelado sobre ele é praticamente o que já era sabido há poucos dias. O hardware do aparelho da HTC, tão dissecado por sites e blogs especializados, se confirmou com processador Snapdragon de 1 GHz, câmera de 5 megapixels com flash de LED e 512 MB de memória RAM e ROM. Durante a apresentação, o chip da Qualcomm em ação deixou bem claro que velocidade é o sobrenome do aparelho. O acelerômetro, as passagens de páginas e fotos foram extremamente velozes, graças também ao novo Android 2.1.
Por fora, o aparelho aposta em uma fórmula bem conhecida e que sagrou o iPhone em um campeão de vendas. A tela de AMOLED de 3,7 polegadas com resolução de 480 por 800 pixels é realmente atraente. Além disso, ele tem um formato bem bacana, arredondado e moderno, e tem 11,5 milímetros de espessura, pesando 130 gramas.
De novidade, a apresentação trouxe apenas detalhezinhos não tão importantes. O Live Wallpaper são desenhos que se movimentam na tela inicial do Nexus One, enquanto os álbuns de foto podem ser vistas com pequenos recursos de profundidade, simulando terceira dimensão. Outro detalhe curioso é que o Google adicionará duas linhas para serem gravadas na traseira do aparelho, lembrando muito um certo tocador de música da Apple e suas frases…
Porém, após muito papo, todos queriam saber só uma coisa: como, quando e onde ele seria vendido. E as respostas vieram. O site www.google.com/phone entrou no ar, com uma bela imagem do aparelho, um tour 3D e um ícone para compras. Não para nós, é claro. Sim, meus amigos, o aparelho do Google não estará disponível em território brasileiro, e sequer tem prazo para chegar. Porém, há um detalhe: segundo as especificações do aparelho, tanto seu teclado quanto seu display já estão prontos para suportar português do Brasil. Ou seja, há esperança.

Ocorreu um erro neste gadget