Belutti Web Rádio

Acontece!

Ocorreu um erro neste gadget

Ads by Smowtion Media

Jovens são os mais vulneráveis ao cibercrime, segundo pesquisa


Usuários de internet mais jovens, ou seja, os mais ativos digitalmente e que usam mais serviços de interação social são mais expostos ao cibercrime, afirma a PC Tools. Estudo divulgado pela emempresa de segurança revela que, entre usuários britânicos entre 18 a 32 anos, 59% usam regularmente aplicações de mensagens instantâneas, e 67% visitam frequentemente sites de redes sociais como o Facebook. Os dados revelam, também, que 57% deles usam a web para serviços bancários.
"Muitos iriam supor que a geração mais jovem é experiente demais para ser enganada por fraudes online, mas há uma distinção importante entre ser esperto para tecnologia e ser esperto para segurança", diz Michael Greene, vice-presidente de estratégia de produto da PC Tools.
Greene afirma que pessoas mais jovens correm mais risco por causa do alto consumo de uma maior variedade de conteúdo online.
Conforme os cibercriminosos adotam mais métodos sofisticados para enganar os usuários e fazê-los baixar malwares, até os usuários mais experientes com segurança e perigos da internet correm risco de serem infectados. É importante que eles adotem sempre versões atualizadas de softwares de segurança baseadas no comportamento do usuário, completou o executivo.
Junto ao anúncio da pesquisa, a PC Tools lançou em seu site um serviço de perguntas e respostas chamado Ask Dr. Greene , para ajudar o usuário a descobrir seu nível de conhecimento em segurança e saber mais sobre segurança baseada no comportamento.
> Siga PC WORLD no Twitter em http://twitter.com/pcworldbrasil
Ocorreu um erro neste gadget