Belutti Web Rádio

Acontece!

Ocorreu um erro neste gadget

Ads by Smowtion Media

Tempestades matam 14 na Espanha e França, será que começou o Apocalipse?


MADRI/PARIS: Quatro crianças de idades entre 9 e 12 anos morreram neste sábado no desabamento de um centro esportivo perto de Barcelona, em meio a uma tempestade com fortes ventos que assola partes do norte da Espanha e sudoeste da França.
Pelo menos 10 adultos morreram em outros incidentes relacionados à tempestade na Espanha e França, no segundo dia de temporais que causaram corte de energia elétrica, interrupção de vôos e bloqueio de estradas.
Na tragédia no centro esportivo, ventos de mais de 100 quilômetros por hora puseram abaixo o telhado de um edifício perto de uma quadra de basquete em Sant Boi, o que provocou a queda das paredes de bloco de concreto.
"Foi horrível", disse José Antonio Godina, pai de uma das crianças, citado pelo jornal espanhol El Mundo.
"Ouvimos um forte estrondo e pensamos que uma árvore tivesse caído sobre o telhado. Mas quando chegamos aqui, o teto do anexo havia literalmente voado e as paredes tinham caído."
Cerca de 20 pessoas, na maioria crianças, estavam dentro do edifício, disseram autoridades. Quatro crianças, integrantes de um time de basquete júnior, morreram. Outras oito pessoas ficaram feridas, incluindo seis crianças.
Um policial morreu neste sábado na queda de uma árvore na Galícia, norte da Espanha, disse um porta-voz da polícia.
O desabamento de um muro provocou a morte na sexta-feira de uma mulher de 52 anos enquanto caminhava por uma rua de Barcelona. Um homem de 51 anos também faleceu neste sábado atingido por um muro que desabou em Alicante, enquanto outros dois adultos morreram quando duas árvores caíram sobre eles na Catalunha. Um capitão português faleceu depois de ter sido resgatado de um barco em alto-mar na costa da Galícia.
Na França, os temporais provocaram o corte de energia elétrica para cerca de 1,7 milhão de residências e causaram o fechamento de estradas, ferrovias e aeroportos.
Autoridades locais na região de Landes disseram que um homem de 50 anos morreu quando uma árvore desabou sobre seu carro. Um outro homem, de 78 anos, faleceu ao ser atingido por destroços quando estava no jardim de casa. O corpo de uma outra vítima, de 75 anos, foi encontrado esmagado por uma árvore.
A tevê estatal francesa informou que uma idosa também morreu, quando o respirador que usava foi desligado por um corte de energia causado pela tempestade.
O ministro da Agricultura da França, Michel Barnier, disse que a tempestade é a pior desde 1999 e que a França iria pedir à União Européia ajuda para custear os esforços de reconstrução assim que for avaliada a extensão dos danos.
Ocorreu um erro neste gadget